segunda-feira, 19 de julho de 2010

Outra promessa de esperança



Mas eu curarei esta cidade e o seu povo e novamente lhe darei saúde. E farei que tenha tempos de paz e segurança. Trarei progresso para o povo de Judá e de Israel e construirei tudo de novo, como era antes. Eu os purificarei de todos os pecados que cometeram e perdoarei as suas maldades e a sua revolta contra mim. Jerusalém será para mim um motivo de alegria, de honra e de orgulho. E todas as nações do mundo vão tremer de medo quando ouvirem falar das boas coisas que estou fazendo para o povo de Jerusalém e do progresso que estou trazendo para esta cidade.
Jeremias (33.6-9)
****************************
Eis a maior prova do amor de Deus pelo seu povo. Este texto deixa claro que Deus não desiste de nós pelas faltas que cometemos. Ele nos ama do início ao fim. Nossos corações, muitas vezes, ficam endurecidos ao ponto de não sentirmos o amor do Criador. São nesses momentos de dureza que precisamos voltar atrás e substituir o sofrimento pelo amor do Deus Eterno. Somos seres humanos, providos de sentimentos, não um amontoado de pedras.
Não desista de Deus, pois ele amará você para sempre!!!

7 comentários:

  1. Esse é o único amor do qual sempre poderemos
    ter certeza... Belo post! Carinhos a ti amiga...
    Bjsss

    ResponderExcluir
  2. Realmente o Amor do Soberano é sentido pelo atual sistema iníquo, da corrupção, dos latrocínios, e dos crimes ambientais, quando Ele demonstra ser muito paciente. Pois sua criação é devastada, e seu filhos vivem se matando... Ele não exige que o siga, nem que acreditemos nele, apenas contempla de sua morada tudo isso, enquanto os humanos usam de livre arbítrio...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog Alinhavo de Cores. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


    Abraços

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Linda escolha e está bem visível que ELE não se esquece de nós...pelo contrário nós humanos é que nem "perdemos" tempo com ELE.
    Acredito que se viesse novamente à terra...teria de ser "jogador de futebol" e dos bons...para lhe darem alguma atenção! Para essa contemplação há tempo de sobra e nunca choram esse desperdício.
    Forte abraço
    Mer

    ResponderExcluir
  5. Amor incondicional, esse é o amor de Deus por nós. Obrigada,querida, por me fazer lembrar .
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Não é possível, para quem possui a fé, abrir mão da confiança em Deus.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  7. Minha querida Valéria

    Estes momentos(70000) acontecem porque há gente linda como tu...

    RECEBi os 70.000 beijos

    um beijão

    ResponderExcluir

Deixe um comentário
Fale de mim
Discuta-me
Estou dando-te "Tudo de mim".